Perfil do candidato:

Os candidatos devem ser capazes de criar software de alta qualidade e seguro através do uso de metodologias SDLC, como agile, lean e traditional/waterfall; analisar a metodologia SDLC da equipa de desenvolvimento de software e fazer recomendações de melhoria; comparar e contrastar metodologias de desenvolvimento de software com relação a restrições ambientais, organizacionais e de produtos.

 

Requisitos:

– Mestrado em Engenharia Informática, Engenharia de Software, Ciências da Computação ou áreas afins;

– Desenvolvimento de software com metodologias Agile;

– Experiência no desenvolvimento de Software Development Kits (SDKs);

– Experiência em arquiteturas de software;

– Experiência em testar e desenhar software com qualidade.

 

Sobre o DTx: O Laboratório Colaborativo em Transformação Digital – DTx é uma entidade que desenvolve a sua atividade efetuando investigação aplicada em diferentes áreas associadas a transformação digital.

O DTx é constituído pelos seguintes membros associados: Accenture; Bosch Car Multimedia; Cachapuz-Bilanciai; CEiiA – Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto; Celoplás; Embraer; IKEA; INL – Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia; Neadvance; NOS; Primavera; Simoldes; TMG Automotive; Universidade Católica Portuguesa; Universidade de Évora; Universidade do Minho; WeDo; e por dois membros afiliados o CCG – Centro de Computação Gráfica e o PIEP – Polo de Inovação em Engenharia de Polímeros.

Com o objetivo ser um player de referência na transformação digital, o DTx centra a sua investigação na interseção dos domínios físico, digital e cibernético, com vista a contribuir para a criação da próxima geração de sistemas ciber-físicos evoluídos.

 

 

Candidatura: Envio de CV para recrutamento@dtx-colab.pt,  até ao dia 10 de julho de 2020, com a seguinte referência no assunto: DTx/19/2020.