Contextualização:

O DTx procura um(a) Mestre em Eletrónica Industrial ou áreas afins para integrar a equipa de investigação do projeto “BE.Neutral” ref. C644874240-00000016, financiado no âmbito do PRR – Plano de Recuperação e Resiliência, Aviso n. º: 2022-C05i0101-02 – Agendas para a Inovação Empresarial. A BE.Neutral tem a ambição de posicionar Portugal como exportador de produtos ciber-físicos de mobilidade carbono zero para cidades de todo o mundo. Foi desenhada a partir da oportunidade de desenvolver, industrializar e operar novos produtos ciber-físicos (dispositivos físicos, conetividade e plataformas de ciência de dados), com capacidade de quantificação em tempo real das emissões evitadas para acelerar a neutralidade carbónica até 2030. Sob a liderança da NOS, o consórcio integra 44 parceiros (29 empresas, 14 ENESII e 1 cluster) e 8 cidades como ambientes de desenvolvimento, teste e demonstração dos produtos e serviços. Da agenda resultarão 16 PPS: 4 produtos de mobilidade e respetivas cadeias de valor completas e 1 reconversão de autocarros; 1 conjunto de dispositivos de conetividade; 7 plataformas; 2 sistemas de carregamento; 1 nova infraestrutura. Será criado um novo integrador nacional (Simoldes/TMG), um novo construtor nacional (Caetano bus) e um novo IDE automóvel.

Requisitos:

  • – Mestre em Eletrónica Industrial e Computadores ou áreas relacionadas;
  • – Prioridade a candidatos com experiência comprovada nas linguagens Verilog e VHDL;
  • – Experiência prévia com design de hardware usando FPGAs ou CPU+ FPGAs;
  • – Capacidade de trabalhar em ambientes multidisciplinares e em equipa.

O candidato será integrado num grupo de pesquisa multidisciplinar no DTx que trabalha em estreita colaboração com parceiros académicos, de I&D e industriais.

Sobre o DTx: O Laboratório Colaborativo em Transformação Digital – DTx é uma entidade que desenvolve a sua atividade efetuando investigação aplicada em diferentes áreas associadas a transformação digital.

O DTx é constituído pelos seguintes membros associados: Accenture; Aernnova Évora; Bosch Car Multimedia; Cachapuz-Bilanciai; Cegid; CEiiA – Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto; Celoplás; DSTgroup; IKEA; INL – Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia; Mobileum; NOS; Simoldes; TMG Automotive; SIBS; Universidade Católica Portuguesa; Universidade de Évora; Universidade do Minho; e por dois membros afiliados o Instituto CCG/ZGDV e o PIEP – Polo de Inovação em Engenharia de Polímeros.

Com o objetivo de ser um player de referência na transformação digital, o DTx centra a sua investigação na interseção dos domínios físico, digital e cibernético, com vista a contribuir para a criação da próxima geração de sistemas ciber-físicos evoluídos.

Candidatura: Envio de CV e Certificados de Habilitações para recrutamento@dtx-colab.pt, com a seguinte referência no assunto: DTx/01/2024.